Páginas

domingo, 23 de janeiro de 2011

Desfrutem das praças

 

Não estou falando das praças de alimentação dos shoppings, mas das praças de lazer de sua cidade. Quando falamos em lazer, logo pensamos em gastos, consumo. Mas te asseguro que o único gasto temos ao desfrutar das praças é com água, que podemos levar de casa.
 

Vamos levantar agora as vantagens: numa praça encontraremos sombra, onde poderemos descansar, ler um livro, conversar, jogar damas, xadrez, bozó, e uma infinidade de jogos. Certamante você precisará de um parceiro, mas se não tiver, você o encontrará lá.
 










Na maioria das praças da minha cidade também podemos caminhar, correr ou sentar em seus bancos e apenas contemplar a paisagem, refletir sobre a vida. Ah! pode-se também tomar o tereré, bebida gelada muito comum por aqui.

 











Numa praça podemos também ter um momento prazeiroso com nossos filhos, pois quase todas possuem um parquinho com bastante areia, brinquedos e crianças.  Deixemos de lado o conceito de que o shopping é a melhor opção de lazer. Não é! Nem tampouco a mais segura. 


  

Vivencio isso com meus filhos e tenho tido êxito. Vamos frequentemente às praças de Campo Grande e nos divertimos bastante, ora jogando bola em seus gramados, ora fazendo caminhadas em suas pistas, ora brincando em seus parques, ora fazendo ginásticas em seus equipamentos, mas o tempo todo vivendo a plenitude de ser família.







2 comentários:

Nelson Trad Filho disse...

Muito bonitas as suas palavras. Fico feliz de saber que estas obras servem para melhorar a qualidade de vida de famílias como a sua. Aproveitem e cuidem bem deste espaço! Grande abraço e bom fim de semana!

Anônimo disse...

Olá Leize muito bom seu blogue. È um alerta para que todos saibam desfrutar com zelo dos espaços para lazer e sobretudo respeitar o bem público. BJs Profª msc.Cláudia Renata R. Xavier. (Ed. Física)