Páginas

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Proletramento...brincar é direito!




Estive nesta terça-feira, 21/05/2005 com os professores do Pró-letramento da SEMED para discutirmos sobre o brincar infantil e suas implicações na aprendizagem. Foi um dia gostoso de trocas de experiência e muita brincadeira. Gratíssima à Profª Eliana, Silvana e Vicentina pelo convite.


Brinque, Conviva, Compartilhe


Estive nos dias 05,06 e 07 de Abril de 2013 na Formação dos educadores do Memórias do Futuro. Fui convidada pelo nosso amigo Piro (Everson Tavares) a compor o Grupo do Memórias. no primeiro dia brincamosmuito e discutimos o brincar nos dias atuais com a brincante e pesquisadora da infância, Lucilene Silva, da Casa Redonda e da Associação Aldeia Arapicuíba (OCA); nos outros dias tivemos oficinas de como registrar as brincadeiras infantis e como postá-las no you tube ou outras repositórios de fotos e videos. Conhecemos a Plataforma do Eduque Brincando. Esta Plataforma nos convida a registrar e compartilhar as nossas pesquisas sobre o brincar infantil. Foram dias ricos de cultura e de integração. Gratíssimos a todos pelo acolhimento e pelo entusiasmo com que defendem o direito da crianças. Mais informações: http://www.memoriasdofuturo.com.br

domingo, 5 de agosto de 2012

Professores dos CEINF's... despertando a ludicidade


video
 
Nos dias 07 de Junho e 11 de Agosto estive com os professores dos Centros de Educação Infantil de Campo Grande, desenvolvendo o Módulo Jogos e Brincadeiras do Curso de Pós Graduação da Educação Infantil e suas Linguagens. Foram intensos momentos de troca e aprendizagem sobre a ludicidade humana.Parabéns a todas as professoras que estão nessa caminhada, tenho certeza que esse esforço reverterá numa melhor qualidade de vida para voces e principalmente para nossas crianças. Brincar é DIREITO DA CRIANÇA. Assistam ao video da brincadeira 1-2-3.




quinta-feira, 12 de julho de 2012

Simpósio Mundial da OMEP

"Primeira Infância no Século XXI: direito das crianças de viver, brincar, explorar e conhecer o mundo"

Local: UFMS Teatro Glauce Rocha
15h credencimento
19h abertura

terça-feira, 17 de abril de 2012

Brincadeiras pelos brincantes


O projeto “Memórias do Futuro – Olhares da Infância Brasileira”,  vai oferecer conhecimento técnico e teórico para que meninos e meninas, ao voltarem para a casa, registrem as brincadeiras, tradições e histórias em microdocumentários. Com ideia na cabeça e um celular nas mãos, vão mostrar que sempre é tempo de brincar.
Concentrados no Espaço Imaginário, em Campo Grande, as realidades tão diversas não demoram a virar intercâmbio cultural. Com tapa-olho de pirata e camiseta de banda de rock, uma menina conta que nunca tinha ouvido falar da brincadeira de correr atrás do rabo de porco.

Da infância vivida no porto de Corumbá, às margens do rio Paraguai, e dos conhecimentos técnicos advindos das aulas de audiovisual no Moinho Cultural, Joilson Aparecido dos Santos Soares, de 17 anos, vai tirar as inspirações para os vídeos. “A brincadeira é uma arte, é o lado mais lúdico, quero fazes esse resgate”, conta o adolescente, que via no rio companheiro de diversão. “Ia tomar banho, pescar”.

Brincadeira eletrônica - O “Memórias do Futuro” foi selecionado entre 306 projetos inscritos na Fundação Telefônica/Vivo. O projeto tem 20 participantes, com idades entre 12 e 20 anos, vindos de aldeia, quilombo e da região de fronteira com a Bolívia e Paraguai.

(Texto retirado do site:http://www.campograndenews.com.br/ultimas-noticias/com-ideia-na-cabeca-e-celular-nas-maos-criancas-vao-resgatar-brincadeiras)

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

UM MANIFESTO PELO BRINCAR



No TEDxBG em Sofia, Steve Keil combate o "grave meme" que infectou sua terra, a Bulgária -- e clama por um retorno ao brincar para revitalizar a economia, a educação e a sociedade. Uma brilhante palestra com uma mensagem universal para pessoas de todo o mundo que estão reinventando seus locais de trabalho, escolas e vidas. Clik no Link abaixo:
 http://www.ted.com/talks/lang/pt-br/steve_keil_a_manifesto_for_play_for_bulgaria_and_beyond.html

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

“Não se determina o brincar, porque brincar exige escolhas.”



Nada mais verdadeiro do que essa frase da professora Tizuko Kishimoto dita numa palestra sobre o brincar proferida na UFMS na última sexta-feira.  Foi um momento de aprendizado único que fortalece algumas de minhas convicções. Portanto para aqueles que pensam num brincar direcionado, ela não descarta essa possibilidade, desde que ainda assim a criança tenha uma das características básicas do brincar: a escolha espontânea. 

Mas, como fazer isso?

A professora Tizuko inicia fazendo um questionamento:  se educar implica postulação de valores, o que você quer ensinar? a partir daí temos que criar cenários nos quais as crianças transitarão e escolherão seu brinquedo. Temos que disponibilizar espaços de qualidade cultural para as crianças brincarem.
Ela criticou os cursos de pedagogia que teorizam demais e não oportunizam experiências que favoreçam um aprendizado efetivo.

 
Conversamos também sobre as diversidades culturais e a cultura do brincar; sobre a musicalização e também sobre a qualidade das brinquedotecas .

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Menina Cala o Mundo na ECO 92

Sou uma criança e não tenho solução para tudo mas quero lhes dizer, que voces também não tem"